Logo Genom

Saúde e Bem-Estar

Dor

A dor crônica pode estar associada ao estresse e à depressão

Pesquisa revelou mecanismos neurofisiológicos comuns

O Instituto de Biologia da Unicamp realizou pesquisa com animais e descobriu que uma das causas da depressão, bem como das dores crônicas, tem uma relação com o estresse social. Sobretudo a depressão demonstra ter forte relação com as dores, a exemplo da fibromialgia.

Os estudiosos se valeram de experimentos com camundongos “intrusos” que foram submetidos a um tipo de bullying feitos por camundongos “residentes”, mais robustos e agressivos. Segundo informações relatadas pela agência Unicamp de notícias, uma parte do grupo subjugado apresentou características comportamentais e fisiológicas do tipo depressivas. Além disso, o mesmo grupo apresentou maior sensibilidade à dor por um longo período de tempo, embora os animais subjugados não tivessem qualquer tipo de lesão física.

Análises cerebrais foram realizadas e os pesquisadores constataram que os cérebros dos roedores tiveram alterações plásticas, sendo concluído que houve mecanismos neurofisiológicos comuns, tanto de dor quanto de depressão.

Segundo a pesquisa, o estresse por subjugação social se aproxima bastante do que acontece com humanos em suas relações sociais.

Equipe Bem Star


Veja mais...

- A dor no ombro ou bursite pode acontecer de modo imperceptível